Ditando o ritmo

Ao longo dos últimos anos, o Grupo TCG UNITECH, um fabricante austríaco de fundição e moldagem por injeção a alta pressão, tornou-se líder em seu mercado. Para garantir que os seus processos de fabricação permaneçam competitivos no futuro, foi tomada a decisão na sede da empresa em Kirchdorf, na Áustria, de investir em um tomógrafo computadorizado da ZEISS.

O sucesso da TCG UNITECH com soluções da ZEISS:
ZEISS METROTOM
ZEISS CALYPSO
ZEISS PiWeb
Sucesso:
  • Correção mais eficiente de ferramentas – redução do tempo de medição em até 75%
  • Processo de fundição otimizado
  • Validação nos estágios iniciais junto aos clientes – aprovação mais rápida para produção em série 

A TCG UNITECH us o ZEISS METROTOM para assegurar a qualidade e a estabilidade do processo.

O desafio: processos de fundição otimizados

«Nos vemos como parceiro da indústria automobilística, e fomentar a inovação e oferecer produtos altamente complexos é o que faz nossa empresa crescer», afirma Walter Mayer, Diretor de Tecnologia. Além do desenvolvimento e fabricação de bombas de óleo e refrigerante, o Grupo também fornece um amplo portfólio de componentes plásticos a empresas como Audi, BMW, Daimler, Bosch e VW. A TCG tem como foco principal 320 diferentes peças de alumínio e magnésio fundidas a alta pressão, para diversas aplicações como caixas de direção, porta-árvore de cames, tampas e partes interiores. A empresa austríaca processa estas peças em máquinas CNC altamente precisas, para que os componentes fiquem prontos para a instalação. Com intuito de otimizar todos seus processos de fundição, começaram a utilizar há mais de um ano o ZEISS METROTOM 1500. Este foi um passo arrojado. «A inspeção dos blocos brutos de ferro fundido com um tomógrafo computorizado continua sendo exceção em vez da regra na nossa indústria», afirma David Demmelmair, Diretor da Gestão da Qualidade no Grupo TCG UNITECH (TCG).

Rene Klaffenböck, Responsável pela Equipe Laboratorial e Técnico Ambiental no Grupo TCG UNITECH, e David Demmelmair, Diretor da Gestão da Qualidade (da esquerda para a direita), explicam um dos principais benefícios do ZEISS METROTOM 1500: «Agora é possível determinar com rapidez e, o mais importante, confiabilidade, se as porosidades detectadas são bolsas de ar ou retração».
Rene Klaffenböck, Responsável pela Equipe Laboratorial e Técnico Ambiental no Grupo TCG UNITECH, e David Demmelmair, Diretor da Gestão da Qualidade (da esquerda para a direita), explicam um dos principais benefícios do ZEISS METROTOM 1500: «Agora é possível determinar com rapidez e, o mais importante, confiabilidade, se as porosidades detectadas são bolsas de ar ou retração».
O ZEISS METROTOM 1500 facilita a correção dos defeitos na produção em diferentes produtos de fundição do Grupo TCG UNITECH.
O ZEISS METROTOM 1500 facilita a correção dos defeitos na produção em diferentes produtos de fundição do Grupo TCG UNITECH.

A solução: controle de qualidade eficiente com sistemas de tomografia computadorizada (TC) da ZEISS

O tomógrafo ZEISS METROTOM 1500 está em funcionamento na linha de produção da fábrica de Kirchdorf desde 2016. «Um scanner de TC é uma tecnologia inovadora», explica Rene Klaffenböck, Responsável pela Equipe Laboratorial e Técnico Ambiental na TCG. «Assim, foi e continua a ser um desafio desenvolver estratégias de medição que garantam que os nossos resultados de TC sejam comparáveis aos que obteríamos com outros sistemas e métodos de medição.» Este foi um trabalho no qual ele e os seus colegas trabalharam durante meses. Por exemplo: para avaliar adequadamente os defeitos visíveis no modelo de volume, Klaffenböck mandou triturar as áreas visíveis no objeto do teste camada a camada e inspecionou-as com um microscópio de luz. O engenheiro então registra os resultados e aquilo que a sua equipe descobriu em inúmeras pastas. «Ao sermos pioneiros a adotar esta nova tecnologia, somos líderes há 2 ou 3 anos em nossa indústria», declara Klaffenböck.

«Em vez de quatro inspeções de garantia da qualidade, efetuamos apenas uma medição com o ZEISS METROTOM»

Rene Klaffenböck, Responsável pela Equipe Laboratorial e Técnico Ambiental no Grupo TCG UNITECH

The benefit: increased competitiveness

Qual é a grande vantagem de usar este sistema, de acordo com Demmelmair e Klaffenböck? «Agora é possível determinar, com muita rapidez e, o mais importante, confiabilidade, se as porosidades detectadas são bolsas de ar ou retração. Estas novas informações permitem que a nossa equipe de fundição realize ajustes mais assertivos nas máquinas», afirma Klaffenböck. Os resultados iniciais confirmaram que os cálculos do engenheiro, prevendo um aumento da produtividade, estavam corretos. E não é tudo: com novos pedidos, outro benefício do scanner de TC é percebido. «Para novas peças ou amostras, agora recebemos uma imagem completa e detalhada, e a correção da ferramenta é rápida e eficiente com o software de engenharia reversa da ZEISS», indica Demmelmair. Além disso, os clientes confirmaram os primeiros resultados positivos na TCG. «Este sistema acelerou a aprovação para a produção de série», afirma. «Vejo a tomografia computorizada como uma peça fundamental para garantir que a TCG e suas fábricas na Europa Central continuem a ditar o ritmo.»

A direção do Grupo TCG UNITECH, uma empresa austríaca de fundição e moldagem por injeção a alta pressão, alcançou algo que muitos executivos apenas sonham – um desempenho muito superior ao da concorrência.
A direção do Grupo TCG UNITECH, uma empresa austríaca de fundição e moldagem por injeção a alta pressão, alcançou algo que muitos executivos apenas sonham – um desempenho muito superior ao da concorrência.
Sobre a TCG UNITECH

No final de 2017, o jornal austríaco OÖNachrichten declarou o desenvolvimento do Grupo TCG UNITECH «uma das histórias de sucesso financeiro mais impressionante dos últimos anos». Esta conquista foi particularmente surpreendente pois, após a crise econômica de 2009, a empresa – a maior empregadora na região austríaca de Kremstal – estava quase fechando as portas. Atualmente, o Grupo TCG UNITECH possui mais de 1 000 funcionários e mais de 220 milhões de euros de faturamento em 2017. Além do desenvolvimento e fabricação de bombas de óleo e refrigerante, a empresa também fornece diversos componentes plásticos a empresas como a Audi, BMW e VW. A TCG tem como foco principal cerca de 320 diferentes peças de alumínio e magnésio fundidas a alta pressão, incluindo caixas de direção prontas para instalação.