SMILE - Guia rápido

Cirurgia ocular a laser minimamente invasiva para correção da visão

Se você está considerando a cirurgia a laser para corrigir um erro refrativo, como miopia ou astigmatismo, SMILE pode ser uma opção viável. Aqui está o que você precisa saber sobre esta solução de alta precisão.

O que é o SMILE?

Cirurgia ocular a laser minimamente invasiva para correção da visão

Extração lenticular por pequena incisão com SMILE é o tipo mais recentemente desenvolvido de cirurgia ocular a laser. É um procedimento minimamente invasivo que pode corrigir vários problemas de visão, como miopia e astigmatismo.

A técnica SMILE é uma opção popular, sendo usada em mais de 1.300 clínicas e praticada por mais de 2.500 cirurgiões em todo o mundo. Já foram corrigidos milhões de olhos com miopia e/ou astigmatismo por meio da técnica SMILE, em mais de 80 países.

Como funciona o SMILE?

SMILE funciona em um laser de femtossegundo para remodelar a córnea. Este laser de femtossegundo é um laser infravermelho próximo de pulso extremamente curto, frequentemente usado para criar um flap de LASIK. A alta intensidade de pico do laser em uma duração de pulso muito curta (dentro de alguns femtossegundos de tempo) permite que ele crie orifícios únicos de microprecisão (bolhas) que formam cortes ou planos no tecido da córnea sem afetar o tecido adjacente.

Demora em média 23 segundos para o laser criar um pequeno pedaço de tecido da córnea em forma de lente (chamado lentícula) dentro da córnea. O cirurgião então remove a lentícula através de uma pequena incisão na parte externa do olho. Isso remodela a córnea e corrige o erro de refração.

O laser de femtossegundo produz (ou cria) uma camada fina logo abaixo da superfície do olho e, ao mesmo tempo, cria uma pequena abertura. É um procedimento, sem ruídos e inodoro e o paciente pode permanecer na mesma posição do início ao fim.

Benefícios

Os lasers de femtosegundo são projetados para passar sem causar danos pelas camadas superiores da córnea, para criar a lentícula apenas em uma subcamada específica dentro da córnea, o que significa:

  • Com uma incisão menor que 4 mm na superfície do olho, o SMILE® compreende um procedimento minimamente invasivo.
  • A camada externa da córnea não precisa ser removida.
  • Os nervos da córnea que estimulam as glândulas lacrimais são menos afetados e ainda são capazes de ajudar a manter o olho lubrificado. Os efeitos colaterais, como a síndrome do olho seco, são raros após o SMILE.
  • É possível manter a estabilidade da córnea, porque todas as camadas superiores da córnea praticamente não são afetadas.

Preparação para a cirurgia

Antes e no dia da cirurgia

Antes da cirurgia, os pacientes geralmente são orientados por seu médico a:
 
  • Parar de usar lentes de contato rígidas por pelo menos quatro semanas e lentes gelatinosas por duas semanas antes da cirurgia, porque elas podem interferir nos exames de diagnóstico pré-operatório.
  • Não usar maquiagem, perfume ou creme na véspera e no dia do procedimento. Esses produtos podem deixar resíduos ao redor dos olhos e cílios, o que aumenta a chance de infecção
  • Providenciar transporte alternativo imediatamente após a cirurgia e, possivelmente, nos próximos dias após a cirurgia.

As etapas

Anestesiar o olho

Numbing the eye

Para reduzir o desconforto durante a cirurgia, é administrado colírio anestésico para anestesiar o olho. Um afastador palpebral é usado para evitar que o olho pisque durante a cirurgia.

Criação da lentícula e da incisão

Creating the lenticule and the incision

Depois que o olho está anestesiado, ele precisa ser imobilizado para a cirurgia. Isso é feito com uma interface de contato, que é colocado suavemente sobre o olho e conectado ao dispositivo a laser. Você pode sentir uma leve pressão durante esta etapa. Uma vez que o olho está fixo, o laser cria uma lentícula dentro do estroma (uma subcamada interna da córnea) e cria uma incisão de acesso na superfície da córnea com menos de 4 mm de largura.

Remoção da lentícula

Removing the lenticule

O cirurgião remove a lentícula por meio de uma pequena incisão gerada a laser.

Correção do erro refrativo

Correcting the refractive error

A remoção da lentícula muda a forma da córnea, corrigindo o erro de refração. A incisão é tão pequena que se cicatrizará após algum tempo.

Após a cirurgia

Cicatrização com o mínimo de desconforto
 
  1. Após a cirurgia, recomenda-se não esfregar o olho operado, descansar e não se esforçar demais. Seu médico pode recomendar o uso de um tampão ocular por uma semana enquanto dorme para evitar coçar acidentalmente o olho.
  2. Os médicos geralmente exigem um exame de acompanhamento no dia após a cirurgia e novamente após um mês.
  3. Uma vez que o SMILE compreende uma aplicação minimamente invasiva, o desconforto sentido durante o processo de cicatrização também é mínimo. Poucos dias após o tratamento, os pacientes normalmente conseguem dirigir, trabalhar, se maquiar e praticar esportes.

Efeitos colaterais potenciais

Nenhuma intervenção cirúrgica é isenta de riscos e efeitos colaterais. Seu médico pode explicar todos os riscos potenciais para você e decidir se você tem indicação para a cirurgia.
 
Os efeitos colaterais potenciais podem incluir:
 
  • Distúrbios da córnea, retina e outras partes do olho
  • Alterações da visão
  • Deficiência visual
  • Dor ocular

Você também pode experimentar algumas limitações temporárias, como recuperação lenta da vista.

Lembre-se também de que a correção excessiva ou insuficiente pode ocorrer após qualquer cirurgia de visão a laser. Nem todos conseguem um resultado refrativo preciso após a operação. A quantidade de correção da visão pode variar dependendo das condições individuais e um erro refrativo residual pode permanecer, o que pode fazer com que os pacientes ainda precisem de óculos ou lentes de contato após a cirurgia.
No entanto, se você tiver hipocorreção, seu médico pode recomendar que faça um novo tratamento. Para tratar a hipercorreção, podem ser prescritos colírios ou lentes de contato gelatinosas.
Outras possíveis complicações e efeitos colaterais após a extração da lentícula e tipos alternativos de correção da visão a laser são explicados sob os riscos potenciais.

Perguntas frequentes

Quem é indicado para SMILE?

O SMILE foi projetado para corrigir miopia, astigmatismo ou uma combinação dos dois, mas atualmente não é uma opção para hipermetropia ainda.

A natureza e o grau do erro refrativo e a curvatura e espessura da córnea também desempenham um papel.

Sua profissão e hobbies também são importantes. Se você costuma praticar esportes de contato intensos, seu médico pode recomendar um tratamento com SMILE.

Tal como acontece com outros métodos de correção da visão a laser, primeiro você precisará passar por um exame oftalmológico detalhado para determinar se você se qualifica.

Em conjunto, você e seu médico podem escolher a melhor opção para atender às suas necessidades.

O PRK/LASEK também não requer flap na córnea. Como essas soluções diferem do SMILE?

Os procedimentos PRK/LASEK têm um tempo de cicatrização mais longo e envolvem um certo desconforto até atingir o resultado final de visão. A estabilização da acuidade visual também leva mais tempo.

Depois do SMILE, quanto tempo leva para que eu consiga ver corretamente sem óculos ou lentes de contato e voltar à minha rotina normal?

O processo de cura difere para cada paciente. Na maioria dos casos, a acuidade visual é muito boa um ou dois dias após a cirurgia e se estabiliza em uma semana. Poucos dias após o tratamento, a maioria dos pacientes pode dirigir, trabalhar e praticar esportes sem óculos ou lentes de contato.

Meu oftalmologista nunca ouviu falar de SMILE. Essa não é uma solução famosa?

SMILE é o mais recente avanço na correção da visão a laser e está disponível desde 2011. A técnica é conhecida e reconhecida por associações comerciais médicas relacionadas a cirurgias refrativas.

A popularidade do SMILE continua a crescer e mais de 1.800 cirurgiões já trataram com sucesso mais de 2,5 milhões de olhos.

O SMILE é uma aplicação comprovada?

A tecnologia do laser de femtossegundo é clinicamente comprovada e é usada para Femto-LASIK e também para cirurgia de catarata. SMILE é o mais recente desenvolvimento usando essa tecnologia a laser.

Tem sido realizado em estudos clínicos controlados desde 2007 e está disponível comercialmente desde 2011. Os primeiros pacientes com SMILE foram monitorados por mais de dez anos após o tratamento. Atualmente está presente em mais de 70 países em todo o mundo.

Related Articles

O processo de cirurgia ocular a laser Tudo que você precisa saber antes de fazer uma cirurgia ocular a laser
SMILE, LASIK ou PRK/LASEK? Comparação de tratamento Descubra como as cirurgias oculares a laser se comparam
Cirurgia ocular a laser: encontrando a clínica certa Como comparar opções de tratamento e clínicas adequadas às suas necessidades
Perguntas frequentes sobre cirurgia ocular a laser Obtenha respostas para algumas das perguntas mais comuns sobre cirurgia ocular a laser
LASIK Um guia rápido para a cirurgia ocular a laser mais realizada
PRK/LASEK Guia rápido para cirurgia ocular a laser na superfície do olho
Riscos e custos potenciais da cirurgia ocular a laser Descubra como os diferentes tipos de cirurgias oculares se comparam