Como encontrar um bom ótico?

Vamos contar para você o que é importante – do primeiro exame dos olhos até o ajuste das lentes

Equipamento de última geração, excelentes qualificações, consulta individual e alguma noção de moda – há diferentes formas de identificar um bom ótico. MELHOR VISÃO explica: O que destaca um bom ótico – do exame dos olhos até o ajuste das lentes? Como encontrar uma óptica perto de você? Como funciona um teste de visão? Como obter os melhores resultados possíveis?

O que destaca um bom ótico?

Há muitos óticos e ópticas, mas nem todos seguem os mesmos padrões de qualidade, têm a mesma filosofia ou as mesmas áreas de especialização. Seu know-how, seus equipamentos e a qualidade da consulta podem variar muito. Ao mesmo tempo, selecionar um novo par de óculos e decidir visitar uma óptica específica é sempre uma escolha muito pessoal – assim como a escolha de um médico. Assim, o seu ótico, além de ser um especialista em sua área de atuação, também deve ser agradável. Aqui, você encontrará os pontos mais importantes para ajudá-lo a identificar um bom ótico.

Verificações por telefone

Assim que tiver encontrado um ótico que, segundo a sua avaliação, possa lhe oferecer uma experiência agradável – na Internet ou fazendo uma pesquisa [Link Dealer Search] –, comece verificando algumas coisas por telefone. Conversando com o ótico, você saberá imediatamente se há "uma boa química" entre vocês e se ele dedicará tempo a responder às suas perguntas. Não se apresse e demonstre os seus conhecimentos. Pergunte quais são os sistemas que o profissional usa para analisar os olhos dos pacientes e ajustar as armações, como, por exemplo, refração ou centralização das lentes dos óculos. Em relação aos métodos mais tradicionais, os sistemas inovadores possibilitam uma análise visual bem mais precisa e um melhor ajuste aos olhos do usuário. Se você considerar as respostas do ótico insatisfatórias, não agende uma visita à óptica. Continue procurando até encontrar um ótico que dedique tempo a responder a todas as suas perguntas.

A primeira impressão é importante

Ao chegar, dê uma boa olhada nas instalações físicas da óptica. Você gosta do que está vendo? O local é confortável, limpo e bem organizado? É um lugar onde você passaria 1 ou 2 horas tranquilamente?

O que é mais importante? – Tempo

A parte mais importante da compra de um novo par de óculos é encontrar um ótico com bastante tempo para você, que possa fazer uma consulta detalhada. Cada olho é único, e um par de óculos de alta qualidade é tão exclusivo quanto uma impressão digital. Diversos fatores influenciam até que ponto você enxergará bem com os seus novos óculos, o que tornar ainda mais importante uma consulta abrangente e uma sessão de perguntas e respostas com o seu ótico. Encontrar as melhores lentes para você leva tempo – e o seu ótico deve estar preparado para dedicar tempo a essa tarefa. Se o seu ótico parecer estressado ou impaciente, se tiver tendência a usar só um jargão profissional que você não entende ou não der explicações, será melhor encerrar a consulta e procurar outro profissional.

1. A sua história (a criação do perfil pessoal da sua visão)

A sua história (a criação do perfil pessoal da sua visão)

A consulta deve começar um levantamento detalhado da sua história. Um bom ótico perguntará coisas como: Onde você vai usar os seus óculos novos? Você está procurando um par de óculos para o dia a dia ou vai usá-lo para trabalhar, dirigir ou como um auxílio visual especial? Descreva detalhadamente o lugar onde você vai usar os seus óculos. Você tem alguma doença ocular? E, caso você já use óculos: O que você gosta no seu par de óculos atual? De que não gosta?

Não se esqueça: se você perceber que o ótico está com pressa é por que você está no lugar errado. Uma história abrangente pode requerer, com facilidade, 15 minutos.

2. A medição dos olhos

A medição dos olhos

Depois da sua história, o ótico inicia a medição objetiva dos seus olhos para determinar o grau. Um bom ótico trabalha com instrumentos de medição de última geração, como o i.Profiler®plus, da ZEISS. Nesse ponto, você olha para a máquina e só precisa se concentrar em um ponto de uma imagem. É bem fácil e, muito rapidamente, é criado um perfil dos seus olhos que se assemelha a uma impressão digital em 3D. Dessa forma, todos os detalhes dos seus olhos, por minúsculos que sejam, podem ser identificados, incluindo anomalias, aberrações, propriedades e até que ponto você vê bem à noite. Trata-se de fatores importantes, que desempenham função fundamental na seleção das suas novas lentes para óculos.

Refração subjetiva

Apesar de o i.Profiler capturar todos os detalhes dos seus olhos, é necessário realizar mais uma análise para determinar a sua acuidade visual: a de refração subjetiva. O termo se refere a uma medição "tradicional" dos olhos realizada pelo seu ótico. Lentes de diferentes graus são colocadas em um par de armações. Então, realiza-se um teste para verificar se você enxerga bem com elas. Se você já teve um par de óculos, com certeza está familiarizado com essa etapa. O ótico faz perguntas como "Com qual das lentes a sua visão é mais nítida: com a esquerda ou com a direita?" – E o processo se prolonga até você ter certeza de que obteve o melhor resultado. Como alternativa, há também o "foróptero". Ele se parece com um enorme par de óculos com lentes de diferentes graus, que podem ser trocadas, que o ótico coloca na frente do seu rosto. O ótico pressiona um botão para trocar as lentes, em vez de colocá-las manualmente nas armações de teste.

Importante: se não tiver certeza sobre a lente que melhor para você ou se a sua visão não estiver nítida e clara, seja honesto! Informe o ótico. Não tenha medo de que essa etapa seja muito longa. Lembre-se: cada olho é único, ou seja, o processo pode ser bem rápido para uma pessoa e requerer mais tempo para outra. Um bom ótico não o apressará, pois é função dele encontrar o par de lentes certo para você com a precisão e a atenção necessárias para ajudá-lo a obter uma ótima visão.

3. A seleção da armação e das lentes

A seleção da armação e das lentes

Então, vem a parte preferida de todos. Um par de óculos também é uma declaração de estilo e, como a variedade de tamanhos e cores é muito grande, tomar uma decisão muitas vezes é difícil. Um bom ótico sabe qual é a armação ideal para o seu rosto e as suas lentes e pode ajudar a reduzir as suas opções. Ele também lhe mostrará a armação mais adequada para as suas necessidades visuais. Infelizmente, a maior parte das pessoas não percebe que nem todas as armações são adequadas para todas as lentes. Por isso, o ótico deve fornecer muitas informações sobre diferentes soluções em lentes, tratamentos e tonalidades. Um bom ótico também oferece lentes de alta qualidade. Afinal, elas são a parte mais importante dos óculos. Dependendo das suas necessidades visuais específicas e de como você usará os seus óculos, o ótico sugerirá opções adequadas, dará informações sobre seus benefícios e detalhes e verificará se a sua armação favorita lhe proporcionará uma ótima visão. Às vezes, um par de lentes de baixo custo, como no caso dos óculos para leitura, é perfeitamente adequado. Um bom ótico se destaca por explicar cada etapa do processo, para que você entenda as sugestões que ele faz. Se ele não explicar, não se iniba e faça todas as perguntas necessárias. Não discutir a sua opção de armação ou vender lentes sem explicar porque elas são a melhor opção para você não fala a favor do profissionalismo do ótico.  

4. O ajuste dos seus óculos

O ajuste dos seus óculos

A última etapa antes da compra é o ajuste da armação ao seu rosto. O ajuste é muito importante, porque não existem dois rostos iguais: o nariz, os olhos e as orelhas de cada pessoa estão em um ponto diferente da face e cada par de olhos tem sua distância pupilar (DP) própria. Mesmo o ponto de visão, ou seja, o ponto no qual você vê através da lente, varia de pessoa para pessoa. Todos esses parâmetros precisam ser medidos, pois essa é a única forma de o fabricante das lentes produzir um par de lentes perfeitamente individualizadas e, assim, garantir uma ótima visão para você.

Garantia e assistência técnica

Garantia e assistência técnica

Pergunte sobre as garantias e sua duração (por exemplo: "Posso trazer meus óculos aqui se precisar de algum conserto?") e, ao fazer o seu pedido, solicite um recibo discriminando todos os serviços e seus respectivos preços individuais. Um bom ótico quer ver você satisfeitos com os seus novos óculos e deve se oferecer para fazer qualquer melhoria e modificação que possa ser necessária.

Entrega

Ao entregar o seu par de óculos, o ótico precisa verificar algumas coisas, como, por exemplo: "Como está a sua visão geral? As lentes e a armação estão bem ajustadas?" Uma pergunta particularmente relevante para usuários de lentes varifocais: "A centralização está perfeita?". As lentes estão bem inseridas na armação? Caso não estejam, o ótico precisará fazer alguns ajustes. Isso também é válido se os cantos das lentes estiverem muito visíveis quando você usa os óculos, se houver qualquer desconforto ao usá-los ou se eles pressionam muito o nariz ou atrás das orelhas.

Se o seu ótico tiver prestado a devida atenção a todos esses aspectos, a sua busca terá chegado ao fim: você está em boas mãos.

Como obter os melhores resultados em testes de visão?

Muitos usuários de óculos conhecem bem esta história: você faz dois testes de visão consecutivos e obtém resultados diferentes. O motivo: o desempenho visual dos nossos olhos variam um pouco ao longo do dia. Em geral, o desvio máximo é de 0,25 dióptero. A medição objetiva com o ZEISS i.Profiler®plus compensa essas diferenças e as integra ao projeto da lente com a tecnologia i.Scription®. Aqui vão algumas dicas para garantir que os seus olhos obtenham o melhor resultado possível, mesmo nessas condições ideais:

  • Tente estar o mais descansado e relaxado possível no momento do teste ocular. Quanto mais próximo o horário do teste estiver da hora em que você se levantar, menos "trabalho" os seus olhos terão realizado.
  • Usuários de lentes de contato devem usar óculos, não lentes de contato, por 24 horas antes do teste. As lentes de contato alteram a forma da córnea e, por isso, afetam o seu desempenho visual durante o teste ocular.
  • Não compareça à consulta de estômago vazio ou com sede. Uma deficiência nutricional ou uma desidratação podem afetar o resultado.
  • O diabetes pode causar flutuações significativas no desempenho visual. Recomenda-se que portadores de diabetes testem os olhos em diferentes horários do dia e, em certas situações, consultem um oftalmologista.
  • O uso de alguns medicamentos também podem afetar o desempenho dos seus olhos. Dependendo do medicamento, recomenda-se tomá-lo depois do exame ocular.
  • Mesmo que o ótico não pergunte, informe-o sobre quaisquer medicamentos que você esteja tomando e doenças que você tenha, como diabetes.
  • Reserve um tempo para o teste. Um bom ótico precisará de cerca de 1 hora para concluir a análise da visão, incluindo a consulta.

Com que frequência se deve fazer um teste de visão?

  • Adultos que não tenham problemas ou doenças oculares devem testar a visão nos seguintes intervalos: a cada seis anos para quem tem entre os 20 e os 39 anos de idade, a cada dois a três anos para quem tem mais de 40 anos de idade e a cada um a dois anos para quem tem mais de 65 anos de idade.

  • Recomenda-se que os usuários de óculos façam um teste ocular anual com seu ótico. O ótico também deve examinar os seus óculos e realinhá-los, se necessário. Independentemente da sua idade ou dos problemas de visão que você possa ter, examine os seus olhos se perceber que a sua visão está piorando ou se sentir que os seus olhos estão mais cansados que o normal.

  • Crianças devem se submeter a exames oculares regularmente: inicialmente, entre os 2 e os 3,5 anos de idade; então, antes de atingir a idade escolar e, depois, a cada dois anos, até a idade adulta. Assim, é possível identificar precocemente sinais iniciais de comprometimento visual. Bebês prematuros e crianças cujos pais ou irmãos têm estrabismo ou comprometimento visual severo devem ser submetidos a exame ocular regular com um oftalmologista a partir dos 6 meses de idade.
Perfil da minha visão Identifique agora seus hábitos visuais pessoais e encontre a melhor solução em lentes para você.
Encontre uma ótica ZEISS perto de você.

Artigos relacionados

Uma checklist ao comprar novos óculos Óculos para perto e para longe, com lentes progressivas, para a prática de esportes, para leitura ou o trabalho: o que você precisa saber a respeito?
Quando os óculos ficam muito apertados. As melhores dicas para uma visão confortável e o ajuste perfeito. Quer sejam as hastes, a ponte nasal ou a armação dos óculos, existem diversos critérios que são cruciais para uma visão ideal.
Carl Zeiss Vision, sempre algo a mais Por mais de 160 anos, a conduta inovadora da Carl Zeiss tem ajudado a melhorar o mundo da visão
Como manter seus olhos saudáveis É preciso proteger e cuidar do nosso órgão sensorial mais importante . Há muito o que levar em consideração a esse respeito.

Produtos relacionados