Quais são os problemas visuais existentes?

As pessoas idosas não são as únicas a serem afetadas por problemas de visão. Esse artigo mostra o que pode auxiliar no caso de uma visão prejudicada.

Muitos de nós usamos óculos ou lentes de contato e é graças a esses auxílios visuais que conseguimos enxergar normalmente. Mas o que fazer quando isso não é suficiente? Qualquer ser humano pode, a qualquer momento, ser atingido por um impedimento visual, apesar de os prejuízos visuais serem especialmente comuns em pessoas idosas. Nesse artigo mostramos quais podem ser as razões para isso e como os auxílios visuais e as pessoas ao redor podem ajudar.

Parentes próximos, colegas de trabalho ou amigos não conseguem imaginar que algumas das dificuldades diárias podem representar um desafio para quem tem algum problema visual.

Parentes próximos, colegas de trabalho ou amigos não conseguem imaginar que algumas das dificuldades diárias podem representar um desafio para quem tem algum problema visual.

Existem muitos problemas visuais diferentes que, até certo ponto, não são normalmente reconhecidos pela aparência externa. Parentes próximos, colegas de trabalho ou amigos não conseguem imaginar que algumas das dificuldades diárias podem representar um desafio para quem sofre desses problemas visuais. Entretanto, existem várias coisas pequenas que melhoram a vida, o nível de independência e a capacidade de viver / trabalhar das pessoas afetadas por tais problemas.

 

Todo problema visual possui suas próprias características e os pacientes relatam vários sintomas: campo visual restrito (campo de visão tubular), perda do campo visual, sensibilidade à luz ofuscante, cegueira noturna, cegueira a cores ou limitação total e geral da capacidade visual. Mesmo entre diagnósticos similares, os efeitos podem ser muito diferentes para as pessoas afetadas.

 

Capacidade visual conforme definido pela legislação social:  Na Alemanha, a capacidade visual é classificada pelo nível do prejuízo usando porcentagens. Ela dita qual suporte pode ser dado em qual estágio de desenvolvimento. Se, por exemplo, uma pessoa consegue reconhecer um objeto específico a uma distância de 10 metros enquanto uma pessoa normal o reconheceria de uma distância de 100 metros, então a porcentagem aplicável para essa pessoa seria de 10% ao invés de 100% (Visão = Acuidade Visual = 0,1)

 

Um fator decisivo para a classificação de um problemas visual específico, além do fator acuidade visual, é a extensão do campo de visão. Assim, existem três tipos diferentes de problemas visuais que são apresentados abaixo:

 

  • Problemas fisicamente presente: óculos melhoram a acuidade visual (visão de perto e de longe) em não mais que 30% (Visão 0,3); existe uma distorção apropriadamente graduada da capacidade visual (normalmente representa um dano ao campo de visão).
  • Problemas visual de alto grau: óculos melhoram a acuidade visual (visão de perto e de longe) em não mais que 5% (Visão 0,05); nos problemas visuais de alto grau, existem distorções adicionais da capacidade visual (normalmente restrições ao campo de visão).
  • Cegueira conforme definido por lei: óculos melhoram a acuidade visual (visão de perto e de longe) em não mais que 2% (Visão 0,02); a capacidade visual é tão fortemente rompida pelas restrições ao campo de visão que a limitação resultante de uma redução da acuidade visual é equivalente a 2%.

Como surgem os problemas visuais?

Frequentemente, os problemas visuais surgem de doenças degenerativas na rentina do olho:

  • Retinitis pigmentosa (RP): Retinose pigmentar  é um termo que descreve um grupo de doenças hereditárias, cujos efeitos incluem a destruição da retina e a destruição do tecido da parte de trás do olho que capacita a visão. Essa doença, apesar do intenso trabalho de pesquisa, permanece intratável. Geralmente, ela causa uma visão prejudicada a meia luz e cegueira noturna, restrições ao campo de visão e sua perda, e rompimentos da visão de cores e contrastes e sensibilidade. Normalmente, o processo começa gradual e traiçoeiramente, levando décadas para aparecer.
  • Degeneração macular (MD): No caso da degeneração macular (MD), a retina do paciente se degenera (isto é, decai). Até o momento da redação desse artigo, não havia nenhuma terapia certa para qualquer forma dessa doença. Auxílios visuais de aumento (por exemplo, lentes de aumento) são auxílios importantes para as pessoas afetadas. Em todos os casos, uma verificação regular com o oftalmologista é necessária. Especialmente importante é a proteção contra a radiação UV com um bom par de óculos de sol. Algumas pessoas sofrem de degeneração macular relacionada a idade – ela aparece com mais freqüência junto com o passar dos anos. As causas exatas ainda não foram claramente definidas. Acredita-se que mudanças no metabolismo de camadas específicas da retina e aumento de depósitos na membrana da retina (abaixo da retina) que acompanham o avanço da idade, têm grande influência.
  • Síndrome de Usher: A Síndrome de Usher começa com um caso de problema auditivo nascido com a pessoa (dificuldades auditivas ou surdez), com o qual posteriormente surge um problema visual crescente. Aqui também estamos falando sobre retinite pigmentosa, isto é, degeneração da retina.

 

Existem inúmeras maneiras de ajudar pessoas com problemas visuais

Lentes tubo da ZEISS

Lentes tubo da ZEISS

 

  1. Auxílios visuais de aumento: dependendo do grau do problema visual, existem diferentes auxílios visuais que podem ser utilizados. Eles podem ser solicitados ao oftalmologista e ajustados com auxílios óticos adicionais. Em todos os casos, é importante a personalização do auxílio visual para seu usuário. Somente assim um desempenho visual ideal pode ser obtido para cada pessoa afetada. A personalização reconhece a necessidade para a melhor qualidade possível de reprodução em combinação com um campo de visão mais amplo possível.
  2. Uma vez que nem sempre os problemas visuais são iguais e facilmente identificáveis pela aparência externa, nem sempre podem ser medidos com a mesma precisão e possuem sintomas muito diferentes, esteja sempre pronto para ajudar quando lhe for solicitado. Fique atento às pessoas com problemas visuais que andam em público, apesar de não usarem uma bengala de orientação nem uma faixa amarela no braço. Elas podem precisar de informações como o destino de um ônibus, o local do botão de pedestres no semáforo ou o número de um local. Uma resposta clara e sem ambiguidade é de grande ajuda. Não fique surpreso se você vir alguém com uma bengala para cegos comprando uma revista na banca ou lendo um livro com o auxílio de uma lente de aumento. Também é possível que pessoas afetadas possam se orientar durante o dia, tendo apenas dificuldades à noite a ponto de precisarem da ajuda de uma bengala. Graças ao treinamento diário de locomoção, muitas pessoas com problemas visuais conseguem viver muito bem – somente em casos específicos elas precisam de algum apoio.
  3. Os contrastes ajudam! Faz sentido criar ambientes, móveis ou até a arrumação da mesa de uma maneira mais compatível com as necessidades de uma pessoa visualmente prejudicada cuja orientação é restrita. Iluminação constante e ofuscante também ajuda. Lâmpadas extras que podem ser facilmente usadas para ajudar na leitura ou no trabalho na cozinha também oferecem boas ferramentas de apoio. A melhor opção: fontes de luz fria com alta intensidade. Lâmpadas halógenas são menos adequadas
  4. Normalmente, as pessoas com problemas visuais levam muito tempo para escrever bilhetes. É interessante aconselhá-las a fazê-lo usando um papel branco e uma caneta preta de ponta grossa.
  5. Sempre que estiver conversando cara a cara com uma pessoa visualmente prejudicada, não fique surpreso ou constrangido se ela não olhar diretamente para você. Como resultado do prejuízo do campo central de visão, a pessoa pode, às vezes, dar a impressão de estar olhando para um ponto além de você. Continue conversando normalmente. Muitas vezes, as pessoas com esse prejuízo visual podem passar por arrogantes e mal educadas. Não se esqueça que muitas completamente normais para você podem exigir uma concentração extrema e muito esforço de uma pessoa visualmente prejudicada. Além disso, muitas pessoas que lutam com problemas visuais causados por uma perda crescente da acuidade visual são incapazes de reconhecer rostos e, especialmente, gestos e movimentos de muitas pessoas juntas (ou só o conseguem a uma distância muito próxima). Assim, pode acontecer de ao cumprimentar alguém com esse tipo de problema você não receba nenhuma resposta.

 

Uma dica de presentes: Para relaxar e se divertir, pessoas com problemas visuais normalmente gostam de livros em áudio, atualmente disponíveis em CD ou para download na Internet.

Este website usa cookies. Cookies são pequenos arquivos de texto criados pelos websites e armazenados em seu computador. O uso de cookies é uma prática comum que permite melhorar o desempenho e a visualização dos sites. Ao navegar em nossos sites você está concordando com o seu uso. mais