INNOVATION made by Zeiss

Adaptando a IORT às necessidades de seus pacientes.

Este é o momento pelo qual trabalhamos.

Radioterapia Intraoperatória (IORT)

A radioterapia intraoperatória (IORT) da ZEISS permite um tratamento direcionado, adaptado ao risco e interdisciplinar dos tumores. Usando raios X de baixa energia, a radiação intraoperatória pode ser administrada com uma dose alta, precisamente no tumor ou diretamente após a ressecção no leito tumoral.

A radiação com INTRABEAM® da ZEISS permite um tratamento individual assegurando que a pele e estruturas mais profundas sejam protegidas e que a radioterapia tenha uma duração mais curta em comparação com a radioterapia de feixe externo (EBRT). Isso também pode reduzir os efeitos colaterais associados e melhorar o conforto do tratamento para o paciente - um elemento chave no aumento da qualidade de vida1.

Indicações Oncológicas

Tumores cerebrais

Para os tumores cerebrais, as reconstruções pós-operatórias demonstraram que, em muitos pacientes, as cavidades pós-ressecção são normalmente de formato complexo e o tratamento por um aplicador esférico com uma distribuição de dose isotrópica é a única maneira possível para evitar erros angulares2. Consequentemente, pacientes recém-diagnosticados com tumor cerebral mostraram bom controle local do tumor com sobrevida relativamente longa3.

Câncer de mama

A radioterapia é um elemento importante do tratamento conservador do seio para o carcinoma de mama. Com a radioterapia intraoperatória, a radiação é realizada com um aplicador esférico voltado para a área onde o risco de recorrência é maior, diretamente no leito tumoral, logo após a ressecção do tumor. A eficácia do método TARGIT para tratamentos de câncer de mama é confirmada pelo estudo TARGIT-A, e o método já é usado em muitos centros de câncer de mama em todo o mundo1.

Tumores gastrointestinais

Na cirurgia do câncer, o principal objetivo é eliminar completamente o tumor. No entanto, a ressecção incompleta é, por vezes, o resultado. Através da utilização de radiação intraoperatória com o controle local INTRABEAM® de tumores colorretais, o câncer retal localmente avançado e recorrente pode ser amenizado em comparação com a EBRT4,5.

Tumores de Cabeça e Pescoço

Em geral, não foram encontradas diferenças nas complicações pós-operatórias para IORT em comparação com a EBRT6. Isso é resultado de diferentes fatores: primeiro, em razão da aplicação precisa e direcionada da radiação direta e somente ao volume alvo e, segundo, com a IORT, o tecido normal e estruturas sensíveis na área da cabeça e pescoço podem ser poupados.

Câncer de pele

A versatilidade do INTRABEAM® também é exibida no tratamento do câncer de pele por meio de braquiterapia eletrônica com fótons. Para o tratamento do câncer de pele não melanoma, a irradiação de quilovoltagem é uma opção terapêutica importante, que também é adequada para pacientes com alto risco operatório7.

Metástases Espinhais

O Kypho-IORT, uma combinação de radiação intraoperatória e cifoplastia, permite a esterilização da metástase e oferece estabilização imediata com redução da dor, pois a exposição à radiação ocorre diretamente no volume alvo. O procedimento combinado do Kypho-IORT oferece estabilização estrutural imediata e fornece controle local do crescimento do tumor8.

Produtos

INTRABEAM System

A segunda geração de dispositivos da IORT da ZEISS é o Sistema INTRABEAM*, que é o único dispositivo de radiação intraoperatória usado para o estudo randomizado de fase III “TARGIT-A” com mais de 12 anos de experiência em estudos clínicos.

Aplicadores

Em cada IORT, deve ser assegurada a melhor irradiação possível do tumor ou do leito tumoral, respectivamente, a irradiação de tumores de pele não melanoma usando braquiterapia eletrônica com fótons. Assim, a ZEISS oferece múltiplos aplicadores que asseguram, dependendo do tipo, tamanho e forma do tumor, uma distribuição de dose geométrica adaptada ao tecido alvo. 

Treinamento e Serviço

TARGIT Academy

Para os usuários do INTRABEAM®, a TARGIT Academy oferece um curso prático de treinamento em primeira mão, incluindo um treinamento prático intensivo que é conduzido em uma base de especialistas para especialistas na área de braquiterapia eletrônica/IORT. Pelo fato de que a curva de aprendizado aumenta imediatamente, a TARGIT Academy é igualmente adequada para todos os usuários.

IORT Service

O IORT Service para o INTRABEAM® é um pacote de serviços personalizados que consiste em unidades de serviço especializadas, de acordo com as solicitações do cliente, um conceito simples de empréstimo de dispositivo e inspeções regulares no local. Com este conceito, um desempenho exato da fonte de radiação pode ser assegurado no local do cliente.

Entre em contato conosco para mais informações.

Tanto em caso de dúvida ou para receber notícias.

Fale conosco

Solicitação de preço

Alguma dúvida sobre a compra dos nossos produtos?

Entre em contato conosco diretamente

Marque a sua consulta

Um de nossos especialistas entrará em contato com você em breve.

Serviços técnicos

Precisa de assistência sobre algum produto?

* O sistema ZEISS INTRABEAM consiste em: INTRABEAM PRS 500 com XRS, Carrinho INTRABEAM e Suporte de Chão NC32 INTRABEAM

1 Vaidya, J. S., Wenz, F., Bulsara, M., Tobias, J. S., Joseph, D. J., Keshtgar, M., … Baum, M. (2014). Risk-adapted targeted intraoperative radiotherapy versus whole-breast radiotherapy for breast cancer: 5-year results for local control and overall survival from the TARGIT-A randomised trial. The Lancet, 383(9917), 603–613.
2 Giordano, F. A., Brehmer, S., Abo-Madyan, Y., Welzel, G., Sperk, E., Keller, A., … Wenz, F. (2014). INTRAGO: intraoperative radiotherapy in glioblastoma multiforme – a Phase I/II dose escalation study. BMC Cancer, 14(1), 992.
3 Han, X., Fu, B., Wu, M., Zhang, H., Li, D., Zhang, J., … Sun, S. (2014). Intraoperative Radiotherapy with INTRABEAM in primary brain tumors after resection: Preliminary reports of 26 cases. Neuro-Oncology, 16.
4 Guo, S., Reddy, C. A., Kolar, M., Woody, N., Mahadevan, A., Deibel, F., … Suh, J. H. (2012). Intraoperative radiation therapy with the photon radiosurgery system in locally advanced and recurrent rectal cancer: retrospective review of the Cleveland clinic experience. Radiation Oncology, 7(1), 110.
5 Algur, E., Mahadevan, A., & Deibel, C. (2005). Interstitial photon radiosurgery system for re-current and locally advanced rectal cancer: a retrospective review of 24 patients. ASCO Gastrointestinal Cancers Symposium, Jan 27–29, Hollywood, Florida, USA, Abstract No 208.
6 Rutkowski, T., Wygoda, A., Hutnik, M., Składowski, K., Wydmański, J., Maciejewski, A., … Maciejewski, B. (2010). Intraoperative Radiotherapy (IORT) with Low-Energy Photons as a Boost in Patients with Early-Stage Oral Cancer with the Indications for Postoperative Radiotherapy. Strahlentherapie Und Onkologie, 186(9), 496–501.
7 Cognetta, A. B., Howard, B. M., Heaton, H. P., Stoddard, E. R., Hong, H. G., & Green, W. H. (2012). Superficial x-ray in the treatment of basal and squamous cell carcinomas: a viable option in select patients. Journal of the American Academy of Dermatology, 67(6), 1235–41.
8 Wenz, F., Schneider, F., Neumaier, C., Kraus-Tiefenbacher, U., Reis, T., Schmidt, R., & Obertacke, U. (2010). Kypho-IORT - a novel approach of intraoperative radiotherapy during kyphoplasty for vertebral metastases. Radiation Oncology, 5(1), 11