Você sabia ...

... que as aves têm um ar-condicionado integrado?

Curtos, longos, finos, achatados ou pontudos: muitas espécies de aves possuem um tipo específico de bico. Pesquisadores norte-americanos acabaram de descobrir que alguns desses bicos possuem mesmo um ar-condicionado integrado. Para isso, eles analisaram minúsculas estruturas dentro das cavidades nasais dos pardais. Essas estruturas resfriam o fluxo de ar durante a respiração e coletam umidade do ar em habitats secos.

Estudos anteriores já haviam investigado o papel do tamanho e da forma dos bicos na regulação da temperatura do corpo, mas nunca suas estruturas internas. Por isso, os cientistas observaram de perto as chamadas conchas nasais – pequenas estruturas ósseas que regulam o ar inalado. A microscopia de raios X 3D executada com um ZEISS Xradia Versa permitiu à equipe de Raymond Danner, professor assistente na Universidade da Carolina do Norte em Wilmington, descrever as conchas nasais em dois subtipos de pardais norte-americanos. Uma dessas aves vive em um ambiente seco, e a outra vive em um ambiente úmido.

Por meio de imagens detalhadas, os pesquisadores descobriram que as aves do habitat seco possuem conchas nasais com uma superfície maior. Assim, mais água é condensada durante a expiração, para reter umidade. Além disso, o fluxo de ar é melhor resfriado durante a respiração. Graças a esses estudos, os pesquisadores demonstraram pela primeira vez que podem existir grandes variações de cavidades nasais dentro de uma mesma espécie, se as aves vivem em ambientes diferentes. E também que seus bicos servem como ar-condicionado.

Este website usa cookies. Cookies são pequenos arquivos de texto criados pelos websites e armazenados em seu computador. O uso de cookies é uma prática comum que permite melhorar o desempenho e a visualização dos sites. Ao navegar em nossos sites você está concordando com o seu uso. mais