ZEISS Photography Award 2019

"Seeing Beyond – The Unexpected"


The Winner has been chosen!

With his ongoing photo series ‘Delta Hill Riders’, American artist Rory Doyle gives stunning insights into Afro American cowboy culture – and breaks with old stereotypes.

Rory Doyle started documenting the life of Afro American cowboys and cowgirls in 2017. Since then, his pictures provide absolutely outstanding insights into this mostly unknown community. Although one in four cowboys after civil war was African American, the white John Wayne stereotype dominates the public perception of this culture, even today. With his project, Rory Doyle wants to raise public awareness for this community.

Photographers from over 150 countries submitted nearly 58.000 images for this year’s contest under the theme “Seeing Beyond – The Unexpected”. To be understood in its broadest sense, "The Unexpected" challenged photographers to submit a series of 5-10 images that look past the everyday and address something unforeseen or surprising – whether this is through the landscape and the physical environment, through human expression, emotion and interaction, through political or social causes or something more conceptual.

Six more bodies of work were put onto the competition’s shortlist.

Os fotógrafos são convidados a fornecer uma resposta criativa ao conceito de "The Unexpected" que seja conduzida por uma narrativa forte e clara. Para ser compreendido no seu sentido mais amplo, "The Unexpected" desafia os fotógrafos a enviarem uma série de 5 - 10 imagens que veem além do quotidiano e abordam algo imprevisto ou surpreendente - seja através da paisagem e do ambiente físico, através da expressão, emoção e interação humana, através de causas políticas ou sociais ou algo mais conceptual. O elemento "inesperado" pode ser de interesse global ou muito pessoal e pode mostrar o familiar de uma forma nova ou lançar luz sobre algo totalmente diferente. Todos os tipos de fotografia serão bem recebidos pelos juízes.

The competition is closed, many thanks to all participants. The winner will be announced soon.

22 de novembro de 2018 a 8 de fevereiro de 2019

O ZEISS Photography Award é organizado de forma conjunta pela ZEISS e pela World Photography Organisation.

Envios

Os participantes devem enviar uma série de cinco a dez fotografias, incluindo uma descrição das imagens, online. O período de submissão começa a 22 de novembro de 2018 e termina a 8 de fevereiro de 2019.

Deseja enviar as suas fotografias? 

Prémio

A 9 de abril de 2019, anunciamos a lista de candidatos com as 15 melhores séries e o vencedor. A cerimónia de entrega de prémios terá lugar a 17 de abril de 2019, no âmbito dos Sony World Photography Awards em Londres. A ZEISS convida ainda o vencedor a visitar a sede da empresa na Alemanha. Aí, o vencedor vai poder espreitar os bastidores da ZEISS e terá uma enorme oportunidade para testar as lentes ZEISS por si mesmo. O vencedor terá ainda a oportunidade de colaborar diretamente com a ZEISS e com a World Photography Organisation.

Júri

As fotografias submetidas serão avaliadas por um júri de renome, composto por três especialistas internacionais da indústria fotográfica. O júri avaliará, tanto a qualidade fotográfica, como a criatividade das obras. O júri está à procura, em particular, de uma história poderosa que seja claramente reconhecível nas imagens.

Simon Frederick

Artista, fotógrafo, realizador e radialista

Simon foi o juiz principal na série Sky Arts "Master of Photography", co-apresentador com a realeza de Hollywood, Isabella Rossellini. Os seus retratos, feitos durante as filmagens da série de TV "Black Is The New Black", fez história como a maior aquisição de sitters afro-caraibenses pela National Portrait Gallery. A nova série de Simon, "They've Gotta Have Us", estreou na BBC em outubro de 2018 e ele fez retratos dessas lendas cinematográficas também. Simon teve a honra de figurar recentemente nos 100 Britânicos Negros Mais Influentes de 2018, na categoria de Media, Publicação e Entretenimento.

Shoair Mavlian

Diretora, Photoworks

Shoair Mavlian é diretora da Photoworks e é responsável pela curadoria da '2018 Brighton Photo Biennial' (Bienal de Fotografia de Brighton 2018). De 2011 a 2018, ela foi Curadora Assistente de Fotografia e Arte Internacional na Tate Modern, Londres, onde foi curadora de várias exposições importantes, incluindo Shape of Light: 100 Years of Photography and Abstract Art’ ('Forma de luz: 100 anos de fotografia e arte abstrata') (2018), 'The Radical Eye: Modernist Photography from the Sir Elton John Collection' ('O olho radical: Fotografia modernista da coleção de Sir Elton John') '(2016) e' Harry Callahan '(2013). Na Tate Modern, ela também pesquisou aquisições e executou curadoria de exibições da coleção permanente, incluindo "Dayanita Singh" (2017) e "Lynn Cohen and Taryn Simon" (2017). Projetos curatoriais independentes recentes incluem a exposição 'Don McCullin: Looking Beyond the Edge' ('Don McCullin: Olhar Para Além da Margem') (Les Rencontres d'Arles, 2016).

Dagmar Seeland

Editora fotográfica e escritora, revista STERN

Dagmar trabalhou como editora e editora fotográfica para uma variedade de revistas de lifestyle antes de assumir funções na revista semanária alemã STERN em 1999 como editora fotográfica para a própria revista e outros títulos do grupo STERN. Aí, aproveitou a oportunidade para trabalhar e contratar alguns dos maiores nomes da fotografia, bem como descobrir e nutrir novos talentos. Como escritora, é particularmente apaixonada pelo papel da fotografia na narração de histórias e entende verdadeiramente o processo e a colaboração necessários para que as ideias visuais funcionem.

Datas-chave

  • 22 de novembro de 2018, 11:00 CET: concurso aberto para submissões
  • 8 de fevereiro de 2019, 14:00 CET: concurso fechado para submissões
  • 9 de abril de 2019: Publicação da lista de candidatos e revelação do vencedor
  • 17 de abril de 2018: cerimónia de entrega de prémios e jantar de gala em Londres
  • 18 de abril a 6 de maio de 2019: a série fotográfica premiada e as fotografias selecionadas da lista restrita serão exibidas na Somerset House em Londres

"O Prémio de Fotografia ZEISS foi uma ótima oportunidade para mim, porque me abriu portas para a exposição do meu próprio trabalho, onde nunca teria conseguido chegar sozinho."

Tamina-Florentine Zuch, Vencedor do ZEISS Photography Award 2016
© Tamina-Florentine Zuch, vencedor do ZEISS Photography Award 2016

"Devido ao facto de os editores de fotografias terem visto o meu trabalho por causa da notícia da vitória do Prémio de Fotografia ZEISS, o meu trabalho documental pessoal já passou a ser impresso em revistas e jornais de todo o mundo. Ganhar o prémio ajudou-me a obter mais clientes, mas, mais importante ainda, a minha autoconfiança enquanto fotógrafo certamente cresceu desde a vitória."

Kevin Faingnaert, Vencedor do ZEISS Photography Award 2017
Kevin Faingnaert, Belgium, 2017 ZEISS Photography Award © Kevin Faingnaert, vencedor do ZEISS Photography Award 2017

"Depois de ter vencido o ZEISS Photography Award, recebi muitos pedidos de revistas internacionais, bem como revistas de renome. De repente, houve muita atenção internacional. Este prémio é um verdadeiro estímulo para aquilo que fazemos, para continuarmos a trabalhar."

Nick Hannes, Vencedor do ZEISS Photography Award 2018
Nick Hannes, Belgium, 2018 ZEISS Photography Award © Nick Hannes, vencedor do ZEISS Photography Award 2018