Back To Top

Busca Lojas Conceito ZEISS e i.Terminal

Categoria

Meu filho precisa de óculos?

Por que é tão importante para bebês e crianças fazerem testes de visão regularmente.

Assim como os adultos, as crianças têm 80% de suas impressões formadas pela visão. Uma visão clara e precisa é fundamentalmente importante para seu desenvolvimento. O que os pais devem saber antes de visitar o oftalmologista pela primeira vez? A MELHOR VISÃO dá algumas dicas de como encontrar a solução perfeita para os pequenos usuários de óculos.

O primeiro teste de visão

Meu filho precisa de óculos?

Por mais que possa parecer estranho, nunca é cedo demais para examinar a visão das crianças. Nem sempre é fácil detectar se uma criança tem algum problema de visão. Os pais geralmente percebem que uma criança está tendo problemas para caminhar antes de perceber qualquer problema de visão. Bebês e crianças pequenas não são capazes de detectar ou comunicar seu problema. Mesmo as crianças mais velhas têm uma capacidade limitada de diferenciar a nitidez e algo fora de foco. Normalmente, os pais só percebem o problemavisual de uma criança quando a visão está drasticamente reduzida em mais de 60%. No entanto, quanto mais cedo for feita a correção de uma deficiência visual em crianças e bebês, melhor e mais bem sucedida ela será. Lembre-se de que a visão binocular só pode desenvolver-se plenamente quando a imagem nas retinas de ambos os olhos é igualmente nítida. De maneira semelhante aprender a andar e a falar, os bebês e as crianças pequenas aprendem a enxergar com a prática constante. Só que isso acontece muito mais cedo com a visão, já que os nossos pequeninos iniciam a sua experiência visual a primeira vez que abrem os olhos após o nascimento.

 

As crianças deveriam fazer seu primeiro teste de visão antes dos primeiros dez dias de vida. A correção antecipada dos problemas de visão, quando o olho ainda não está totalmente formado, é mais bem sucedida do que quando feita mais tarde. E, além disso, certos problemas de visão que não podem ser corrigidos mais tarde podem ser minimizados, e até mesmo totalmente evitados, se detectados e tratados cedo.

 

Os bebês prematuros, em especial, muitas vezes tem dificuldades visuais devido à redução do tempo de desenvolvimento no útero da mãe. A acuidade visual, portanto, deveria ser verificada enquanto o bebê ainda está na incubadora. Para bebês e crianças pequenas, o exame é realizado através de um procedimento chamado esquioscopia. O médico coloca uma gota de derivado de atropina no olho da criança, isso dilata a pupila e desativa a acomodação (acomodação é a capacidade do olho de se ajustar para fazer objetos a distâncias diferentes aparecerem nitidamente na retina). Isso permite ao médico identificar eventuais prejuízos potenciais à visão. Óculos ou lentes de contato podem até mesmo ser prescritas e adaptadas para bebês prematuros, bebês e crianças pequenas. Armações de óculos e lentes especiais são possíveis para rostos pequenos, algumas são até mesmo personalizadas pelo oftalmologista.

 

Mesmo depois disso, os pais devem levar os filhos para fazerem testes de visão regularmente - de preferência uma vez por ano. Também é recomendado observar os olhos das crianças e seu comportamento visual. O oftalmologista deve ser consultado se ocorrerem alterações como estrabismo, catarata, ou se a criança esfregar os olhos frequentemente, não fizer contato visual, piscar, etc. Nas crianças em idade escolar, deve-se observar a necessidade de manter o papel muito próximo ao ler ou escrever e copiar incorretamente do quadro.

A escolha de um oftalmologista

Assim como a escolha do pediatra, oftalmologistas devem ser escolhidos cuidadosamente, com foco em como eles tratam bebês e crianças maiores.

Sempre considere se o médico é simpático com as crianças e quanta experiência tem com os pequenos. Não há nada pior do que quando um médico faz seu filho se sentir desconfortável ou com medo. Óculos nunca devem ser "vendidos" para crianças como algo negativo ou um fardo, pelo contrário, deve-se enfatizar que os óculos são uma ótima ideia! Eles podem fazer mágica: de repente você consegue enxergar as coisas mais pequeninas.

Além de ser amigável e descontraído com as crianças, a experiência do especialista é um fator decisivo. Certifique-se de que primeiro seja feita uma avaliação inicial completa . Quanto aos adultos, o oftalmologista deve falar com você e com seu filho especificamente sobre as situações em que geralmente ocorrem os problemas de visão, as situações em que a criança vai precisar mais dos óculos, se ela é muito ativa, pratica muitos esportes, lê muito (inclusive na cama à noite), etc. Quanto mais específico você e seu filho forem sobre esses fatos, melhor será na hora de escolher e ajustar o óculos.

O oftalmologista deve estar preparado para ter tempo e paciência durante a consulta com você e seu filho. Escute a opinião da criança ao escolher as armações de óculos. Evite a pressão - o ideal é quando a criança aceita os óculos e coloca-os por si mesma.

Peça informações detalhadas sobre novos recursos em lentes, como um revestimento para maior resistência ou antirreflexo. Esses recursos adicionais não devem custar muito mais, e ainda podem deixar os óculos mais resistentes e duráveis - e melhorar a experiência de visão de seu filho. Informe-se a respeito de lentes de óculos à prova de estilhaçamento e armações com hastes e pontes seguras para as crianças.

Algumas óticas tem ofertas especiais para óculos infantis que você pode aproveitar: "Os óculos que crescem com você". Essas ofertas permitem que você continue a obter novos óculos conforme o crescimento de seu filho - por um preço fixo. Aproveite as ofertas de cuidados pós-compra e inspeções para óculos infantis. Uma limpeza profissional dos óculos ou uma inspeção para saber se eles estão ajustados corretamente, além de qualquer correção necessária, são muito úteis, especialmente para crianças ativas, e também aumentam a vida útil dos óculos.

Algumas brincadeiras para testar a visão das crianças

Você pode jogar com várias crianças, mas precisa de no mínimo três. Peça às crianças para olharem uma para a outra com muita atenção. Depois de cinco minutos, escolha uma criança e peça que saia da sala. Cubra uma outra criança com um cobertor ou lençol de modo que apenas a cabeça fique visível. Convide a criança que saiu para voltar e descrever com o máximo de precisão as roupas da criança que está coberta. A criança recebe um ponto a cada descrição correta. As crianças podem trocar de roupa ou colocar outros acessórios para as próximas rodadas do jogo.

Para este jogo, você vai precisar de um binóculo caseiro, você pode criar um com dois rolos de papel higiênico. A ponte sobre o nariz pode ser feita com um pedaço de papelão ou uma caixa de fósforos vazia, por exemplo.

Você precisa de pelo menos duas pessoas para este jogo. Coloque vários objetos, como brinquedos, sapatos ou algo similar em uma pilha no meio da sala. Uma das crianças usa o "telescópio" para olhar a pilha de objetos. A criança começa a descrever um deles. A primeira criança a adivinhar corretamente o objeto ganha a rodada e fica com a chance de usar o telescópio.

Você vai precisar de 10 fios longos (por exemplo, diferentes tipos de fios de lã ou fitas de presentes). Certifique-se de que dois deles sejam da mesma cor. Primeiro, peça ajuda às crianças para misturar bem as cordas. Depois, uma das crianças deve encontrar os dois fios que são da mesma cor.

Artigos relacionados

A armação ideal de óculos infantis
Mais do que estilo: proteção Solar para olhos de crianças
Uma Visão Perfeita para as Crianças
Você deve se perguntar - será que preciso de óculos?
Os olhos de nossas crianças
 

Este website usa cookies. Cookies são pequenos arquivos de texto criados pelos websites e armazenados em seu computador. O uso de cookies é uma prática comum que permite melhorar o desempenho e a visualização dos sites. Ao navegar em nossos sites você está concordando com o seu uso. mais

OK