Back To Top

Busca Lojas Conceito ZEISS e i.Terminal

Categoria

Ilusões de óptica

Você está vendo isso?

Os olhos são os órgãos sensoriais mais importantes que temos, pois geralmente só acreditamos em alguma coisa vendo com nossos próprios olhos. O filósofo grego Platão explicou por que nem sempre devemos confiar nos nossos olhos. É claro que ele tinha razão, pois nossos olhos nos enganam bem mais do que pensamos.

Exemplo 1

Contraste é essencial para nossa visão. O texto da faixa à esquerda não está bem visível à primeira vista. Isto acontece porque a cor do texto não está em contraste suficiente com a cor da faixa. O texto da faixa à direita é fácil de ler porque o contraste é grande. Sem contraste, não veríamos tanto.

 

Exemplo 2

O quadrado pequeno é da mesma cor em todos os quadrados grandes. Contudo, parece que o quadrado pequeno vai ficando mais escuro da esquerda para a direita devido ao  contraste com os quadrados grandes.

 

Exemplo 3

Nesta parede ladrilhada, parece que as linhas horizontais estão se movendo uma em direção à outra. Entretanto estão  paralelas. Os quadrados são perfeitamente quadrados.

 

Exemplo 4

A ilusão da grade de Hermann. O nosso cérebro faz com que vejamos pontos cinzas nos cantos das linhas brancas; mas na verdade eles não existem. Isso também acontece quando se vê a grade em cores contrastantes.

 

Exemplo 5

O círculo rosa rodeado pelos pontos pretos grandes parece menor do que o círculo rosa no meio dos pontos pretos pequenos. Na realidade, são exatamente do mesmo tamanho.

 

Exemplo 6

As linhas horizontais são do mesmo tamanho. Entretanto a linha superior parece ser maior. Nossos olhos costumam ver em profundidade, e pensamos que as linhas inclinadas indo para o horizonte são paralelas (como uma linha de trem). Um objeto que é do mesmo tamanho mas está mais distante, parece maior para o cérebro do que o mesmo objeto em primeiro plano.

 

Exemplo 7

Essa é uma ilusão geométrica bem conhecida, desenvolvida por F.C. Müller-Lyer. As linhas horizontais são do mesmo tamanho em ambas  imagens. Entretando a linha horizontal da imagem superior parece ser maior.

 

Exemplo 8

À primeira vista, as linhas inclinadas não parecem ser a extensão uma da outra; mas, colocando uma régua perto delas, logo notamos  que se trata, de fato, da mesma linha. Na segunda imagem, a linha pontilhada mostra o lugar onde a maioria das pessoas acha que a linha deveria terminar.

Artigos relacionados

Como a visão em cores funciona?
Quando os óculos ficam muito apertados. As melhores dicas para uma visão confortável e o ajuste perfeito.
Por que as pessoas enxergam de modo diferente?
Compreendendo a Visão: Pesquisa da ZEISS sobre os Processos Fundamentais da Visão
Como lentes de prescrição modernas maximizam o seu potencial de visão
 

Este website usa cookies. Cookies são pequenos arquivos de texto criados pelos websites e armazenados em seu computador. O uso de cookies é uma prática comum que permite melhorar o desempenho e a visualização dos sites. Ao navegar em nossos sites você está concordando com o seu uso. mais

OK