Back To Top

Busca Lojas Conceito ZEISS e i.Terminal

Categoria

Como as lentes são feitas?

Informações sobre a fabricação de lentes – os fundamentos de cada par de óculos

Independente de serem feitas de cristal ou resina – as lentes ópticas passam por uma série de etapas de processamento antes de serem colocadas em uma armação. Critérios de desenvolvimento de um produto que alguns consideram uma ferramenta de todos os dias e outros, um objeto de luxo.

Da fusão do vidro até as lentes minerais

Como as lentes são feitas?

A produção de lentes minerais começa com uma lente prensada. As matérias-primas naturais (como o quartzo, o carbonato de potássio, o carbonato de sódio) são derretidas em uma mistura de vidro entre 1.400 e 1.500 graus Celsius. Em seguida, elas são automaticamente alimentadas na prensa e processadas em um bloco redondo de vidro com espessura de 1 a 3 cm – o assim denominado prensado, uma espécie de diamante não cortado.

A face frontal é tratada na seguinte etapa de produção: uma ferramenta para retificar diamantes dá a ela a superfície exatamente definida e o traço final. A transparência necessária é obtida através de polimento. Um prensado transparente polido na face frontal é assim criado.

Depois das outras etapas de processamento, as lentes acabadas de vidro mineral são, então, personalizadas com os valores correspondentes da prescrição ou enviadas com valores comuns e padronizados para pedidos rápidos, como lentes a laser. As duas variantes podem ser processadas de muitas maneiras diferentes.

Química moderna: Lentes de resina

Produzidas pela primeira vez em 1940, elas são normalmente a base para as lentes de óculos atuais: 100% plástico sinteticamente fabricado.

O vidro orgânico correspondente é fabricado utilizando um método de fundição: os materiais fonte líquidos (denominados monômeros) são misturados com aditivos especiais – para endurecer o material e aumentar a absorção UV das lentes acabadas. Em seguida, eles são colocados em moldes de fundição. 

O recipiente é, então, submetido por horas a tratamentos térmicos: primeiro, o material é endurecido e, em seguida, as lentes plásticas acabadas são removidas do molde de fundição e reaquecidas, ou seja, aquecidas até o ponto de fundição e mantidas em uma temperatura pré-ajustada por um determinado tempo. O resultado: a pressão interna do material é aliviada.

A propósito: O enorme progresso no campo das resinas de alto  índice possibilita a fabricação de lentes de vidro orgânico extremamente finas com índices de refração de até 1.665. Essas lentes plásticas também são feitas utilizando o método de fundição – no entanto, o processo é consideravelmente mais lento e pode levar até 48 horas.

Para perto e para longe – As lentes bifocais minerais

Para perto e para longe – As lentes bifocais minerais

Lentes de cristal e de resina são tão diversas em sua produção quanto são individuais em seus processamentos adicionais – peguemos, por exemplo, a fabricação de lentes bifocais. Para fazer uma lente bifocal mineral, uma lente adicional é incorporada na lente prensada. Sua porção superior – a parte complementar – possui a mesma força do vidro base; a porção perto da parte inferior é mais forte.  Nas superfícies da borda de separação visível posteriormente, os dois campos são desgastados com precisão e, em seguida, fundidos juntos.

Depois de a superfície traseira da lente adicional ter sido desgastada e polida, ela é colocada sobre o vidro base com o lado curvo dentro do recesso do vidro base e ambos são, então, fundidos sob alta pressão. Após o resfriamento, a parte complementar forma uma massa homogênea com o vidro base e fica completamente invisível. Em seguida, a parte do revestimento da lente adicional é desgastada e a lente bifocal prensada resultante é submetida a mais um processamento – ela é desgastada e polida no lado frontal e traseiro. Depois dessa etapa de fabricação, a lente bifocal pode ser refinada.

As lentes bifocais orgânicas

A produção de lentes bifocais de vidro orgânico é consideravelmente menos complexa. Ao contrário das lentes bifocais minerais, a força da porção próxima não é obtida com uma peça de vidro mais forte dentro das lentes, mas sim com uma curvatura mais profunda da superfície adicional. Para a produção, o interior côncavo do molde de fundição (consulte o gráfico) é moldado no formato da porção próxima, por meio do qual o prensado fundido obtém a porção próxima arqueada característica e a borda perceptível.

Desenho personalizado para seus olhos: Lentes progressivas

Desenho personalizado para seus olhos

O desenvolvimento de uma lente para presbiopia começa com o que o seu usuário deseja, com o objetivo a que o desenho deve atender: Funções especiais de visão, por exemplo, para uso em um computador ou uso diário constante. 

Para calcular tal projeto de força, um sistema de equações com centenas de incógnitas e sob as circunstâncias de milhares de equações deve ser resolvido. E tudo isso em combinação com o ajuste constante aos dados individuais do paciente. Somente após a conclusão de inúmeros processos – sob as mais difíceis circunstâncias – é que os primeiros protótipos surgem. Finalmente, eles são testados pelo paciente para confirmação de sua qualidade e compatibilidade. Se o tipo de vidro não for aceito, um novo desenho de força é calculado – e o ciclo de produção começa novamente do rascunho.

 

Você pode saber mais sobre o desenho de lentes de grau para presbiopia aqui.

Artigos relacionados

Melhor Visão para pessoas mais velhas
A configuração de suas Lentes Customizadas ZEISS
Desenvolvendo lentes de óculos para dirigir
Apenas seus óculos podem fazer isso!
Óculos para pilotos – Visão perfeita mesmo acima das nuvens
 

We use cookies on this site. Cookies are small text files that are stored on your computer by websites. Cookies are widely used and help to optimize the pages that you view. By using this site, you agree to their use. mais

OK