Back To Top

Sucesso

Automação do processo de produção
Melhoria da qualidade e simultaneamente aumento do rendimento de produção

Software

MMC

Sensor

Saiba mais

Vendas, Serviços e Suporte

Brasil: 0800 770 5556
São Paulo: (11) 5693 5540

Ventos de mudança na planta de Ikola

Fabricante de engrenagens para turbinas eólicas baseia-se na tecnologia de medição da Carl Zeiss

A indústria de energia eólica goza de um considerável potencial de crescimento. Um dos maiores fabricantes de turbinas eólicas do mundo, a Moventas, está pronto para aproveitar ao máximo esta situação – também graças aos investimentos em tecnologia de medição da Carl Zeiss.

A situação

Há vários anos, a Moventas planejou uma nova fábrica que deveria ter capacidade para fornecer milhares de rodas planetárias anualmente. Antes disso, estes componentes eram fabricados manual e individualmente em pequenos lotes. Era necessário operar grandes mudanças para dar o próximo e grande passo – a implementação de um processo serial. Era necessário um novo sistema de gerenciamento da qualidade, que combinasse todas as ferramentas e processos. Taisto Kymäläinen, o gerente responsável pela qualidade e sua equipe foram incumbidos de realizar uma análise aprofundada dos processos internos e questionar todos os procedimentos existentes. Essa missão envolveu também uma comparação de preço/desempenho de todas as máquinas de medição e soluções de medição disponíveis no mercado. "Quando vi a máquina de medição por coordenadas CenterMax na feira Control 2006, eu soube imediatamente que era a solução certa para a planta de Ikola", revela Taisto Kymäläinen. Com isso em mente, ele deu as mãos à Carl Zeiss como parceira de soluções. Olhando para trás, é seguro dizer que a recém-inaugurada planta de Ikola excedeu em muito sua produção planejada de rodas planetárias.

O processo completo

A qualidade das engrenagens nas rodas planetárias é vital para a eficiência energética e a vida útil das turbinas eólicas. A matéria-prima – grandes blocos de aço – é primeiro temperada antes de ser transportada para pré-usinagem, usando veículos guiados automaticamente. A cada peça é atribuído um código de matriz de dados durante a usinagem inicial. A seguir à pré-usinagem, as engrenagens de rodas são transferidas para a área de têmpera, onde está sempre quente e aconchegante – mesmo no inverno. Esse tratamento torna as superfícies das rodas de engrenagem extraduras.

O próximo passo consiste em fresar as engrenagens endurecidas. Durante a fase inicial do processo de fresamento, as primeiras peças são medidas diretamente no chão de fábrica em uma CenterMax alimentada manualmente. A produção em massa pode começar assim que a qualidade estiver assegurada e o processo estabelecido. Durante a produção em série, um robô de pórtico – obviamente automatizado – transporta os componentes para a estação de inspeção da qualidade seguinte após o fresamento, onde outra CenterMax os aguarda. O robô de pórtico leva as rodas de engrenagem para as diferentes estações de processamento, onde as engrenagens são limpas e suas superfícies temperadas inspecionadas usando o método de ruído de Barkhausen. E, mais uma vez, vai para a inspeção da qualidade – e para a CenterMax.

Automação com CenterMax

A roda de engrenagem pesada é então colocada em um dispositivo de fixação especial na CenterMax. A medição inicia-se automaticamente. Os resultados de medição são transmitidos para um banco de dados através de comunicação com a célula. Cada peça inspecionada pela CenterMax primeiro é enviada para um armazém automatizado maior, onde aguardará até ser integrada na caixa de engrenagens. De um modo geral, a CenterMax é um exemplo perfeito de um sistema automatizado padrão. Com a esperada a demanda adicional, esta área estará preparada para a expansão do sistema mestre-escravo. A avaliação das engrenagens com GEAR PRO é um elemento-chave para a melhoria da qualidade e uma garantia da estabilidade de produção. Existe igualmente a possibilidade de capturar dados estatísticos para simplificar o processamento futuro. Com a transição para a produção em massa e as medidas aplicadas, a Moventas encontra-se bem preparada para enfrentar os desafios do futuro.

Sobre a empresa

As primeiras engrenagens de transmissão foram fabricadas há cerca de 70 anos, em Jyvaskyla, na Finlândia, em um momento em que provavelmente a energia eólica ainda era considerada ficção científica. Naquela época, a Moventas produzia engrenagens para a indústria de papel. No início da década de 80 do século passado, a empresa começou a construir caixas de engrenagens para turbinas eólicas pequenas. A fusão da Valmet, Santasalo e Parkano Gears em 2000 lançou as bases para a Moventas. Hoje em dia, a Moventas opera em todo o mundo e tem cerca de 1300 empregados, 700 dos quais em Jyvaskyla.

 

Este website usa cookies. Cookies são pequenos arquivos de texto criados pelos websites e armazenados em seu computador. O uso de cookies é uma prática comum que permite melhorar o desempenho e a visualização dos sites. Ao navegar em nossos sites você está concordando com o seu uso. mais

OK